quinta-feira, 17 de junho de 2010

Usabilidade de web sites para a terceira idade no contexto da arquitetura da informação digital

VECHIATO, F.L. Usabilidade de web sites para a terceira idade no contexto da arquitetura da informação digital. 2007. 152 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biblioteconomia) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2007.

Resumo
A World Wide Web (WWW), serviço da Internet mais difundido atualmente, contribuiu para a crescente expansão do volume informacional no ambiente digital e para o estabelecimento da sociedade da informação, permitindo o armazenamento, a representação, a recuperação, a disseminação e o acesso às informações digitais em qualquer local e a qualquer momento. Nesse contexto, reflete-se sobre o acesso às informações do ambiente digital por um público específico: os usuários da terceira idade. Verifica-se que alguns web sites para a terceira idade podem não apresentar estruturas organizacionais coerentes com as necessidades desse público específico, bem como podem não respeitar as particularidades dos usuários idosos, no que diz respeito às alterações físicas e cognitivas decorrentes do envelhecimento. Dessa forma, a ausência de elementos particulares podem dificultar a interação humano-computador (IHC) e a inclusão dessa comunidade na sociedade da informação. Sendo assim, estudos teórico-metodológicos acerca da usabilidade no contexto da arquitetura da informação (AI), aplicados a web sites para a terceira idade, devem minimizar esse tipo de problema e contribuir para a inclusão digital dessa comunidade de usuários, considerando os fatores humanos envolvidos na IHC. Objetivando investigar a existência de elementos da AI e as recomendações de usabilidade, foram selecionados e avaliados web sites para a terceira idade, os quais abrangem temas relativos ao envelhecimento humano, contemplando as áreas de Geriatria e Gerontologia, bem como foi proposto o planejamento do web site da Universidade Aberta à Terceira Idade (UNATI) da UNESP – Campus de Marília, a fim de exemplificar a aplicação desses estudos. Para a avaliação heurística, sem a participação de usuários, foram utilizados os elementos da arquitetura da informação propostos por Rosenfeld e Morville (1998) e as recomendações de usabilidade de Nielsen e Tahir (2002). Para a avaliação da usabilidade a partir de teste realizado com usuários potenciais dos ambientes, foi ministrado um curso de informática para a UNATI, em que os alunos atuaram como sujeitos, a fim de avaliar os web sites selecionados segundo sua usabilidade. Inclusive, esses alunos auxiliaram no planejamento do web site da UNATI, o qual exemplifica o uso de elementos da arquitetura da informação a partir da metodologia de Camargo (2004), bem como o uso de recomendações de usabilidade, efetivando o estudo, além de colaborar com sugestões de assuntos para o ambiente informacional. Com relação à avaliação dos web sites realizada, constatou-se que não é possível identificar exaustivamente problemas de usabilidade com a aplicação de apenas um método, fazendo-se importante a aplicação de mais de um método, com e sem a participação de usuários. Com relação ao curso de informática, houve grande contribuição por parte dos alunos com sugestões para a avaliação da usabilidade dos web sites, bem como para o ambiente planejado, o que efetivou o trabalho de inclusão digital proposto pelo curso a esses alunos.

Palavras-chave: Arquitetura da Informação. Usabilidade. Web Sites. Terceira Idade. Tecnologias de Informação e Comunicação.

Nenhum comentário:

 
Copyright 2009 Arquitetura da Informação Digital. Powered by Blogger Blogger Templates create by Deluxe Templates | Blogger Styles | WP by Masterplan