sexta-feira, 4 de junho de 2010

Arquitetura da informação para biblioteca digital personalizável

CAMARGO, L.S.A. Arquitetura da informação para biblioteca digital personalizável. 2004. 143 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2004. Disponível em: <http://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/bma/33004110043P4/2004/camargo_lsa_me_mar.pdf>.

Resumo
A recuperação e disseminação de informações no ambiente Web são dificuldades que existem atualmente, pois podem estar de forma desestruturada e desorganizada segundo um padrão aceito na área de organização, armazenamento e recuperação da informação. Alguns recursos que podem minimizar essas dificuldades são tanto bibliotecas digitais, que possuem acesso simultâneo e remoto às informações de forma eficiente, quanto serviço de personalização, que permite ao usuário uma interação personalizada baseada no seu perfil. O problema de prover esses recursos se encontra na onerosidade e dificuldade do processo de desenvolvimento desse tipo de biblioteca devido à grande quantidade de processos e elementos envolvidos em sua construção. Nesse contexto é proposta uma arquitetura da informação para bibliotecas digitais personalizáveis, que visa tratar dos seguintes problemas: escassez de literatura especializada sobre arquitetura da informação para bibliotecas digitais; falta de elementos tecnológicos e informacionais que possibilitem um acesso rápido e preciso à informação requerida; e pouca utilização de serviços de personalização de conteúdo e de interface para diversos tipos de usuários. Essa arquitetura é constituída de processos e elementos oriundos da área de Ciência da Informação e Ciência da Computação que são compartilhados pela maioria das bibliotecas digitais. Além disso, essa arquitetura contém elementos genéricos, que permitem flexibilidade para serem adaptados e modificados de acordo com as características de cada biblioteca digital. O objetivo da arquitetura proposta é auxiliar o desenvolvedor/projetista na construção de WebSites, principalmente em bibliotecas digitais personalizáveis de forma a satisfazer as necessidades dos usuários. Foi realizada uma análise dos processos e elementos que são mais utilizados e comuns a esse tipo de Unidade de Informação, cujo resultado mostrou que a maioria dos elementos são utilizados pelas bibliotecas digitais e que eles são relevantes para o processo de construção. Este estudo trata de uma pesquisa descritiva com abordagem teóricometodológica da área de Ciência da Informação, realizado por meio de levantamento de dados bibliográficos em fontes nacionais e internacionais e pela análise de bibliotecas digitais existentes na Web.

Palavras-chave: Arquitetura da Informação, Biblioteca Digital, Abordagem de desenvolvimento, Personalização.

Nenhum comentário:

 
Copyright 2009 Arquitetura da Informação Digital. Powered by Blogger Blogger Templates create by Deluxe Templates | Blogger Styles | WP by Masterplan